Tempos digitais pedem soluções digitais

Confira as ferramentas e tecnologias que vão auxiliar você a não se perder nas contas

Organizar as finanças e as contas é uma tarefa que pode trazer muita dor de cabeça. Afinal, qualquer cálculo errado pode acabar gerando uma dívida ou até mesmo um efeito bola de neve. É por isso que saber como equilibrar a renda com as despesas fixas e variáveis está se tornando cada vez mais fundamental. Só de acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito, 46% dos brasileiros não conseguem controlar o orçamento. A parte boa é que hoje em dia, a tecnologia chegou para dar uma mãozinha. Os bancos digitais, por exemplo, que já são uma realidade, cada vez mais se consolidam como uma opção na hora de facilitar a rotina financeira das pessoas. Dentro dos próprios aplicativos, é possível fazer cálculos, simular investimentos e agendar pagamentos importantes para fazer com que o dinheiro seja melhor aproveitado e acabe rendendo mais.

Fechando as contas no azul

Mais do que um sonho, terminar o mês no azul, sabendo que gastou menos do que recebeu, é o primeiro objetivo de quem deseja uma vida financeira tranquila e organizada. Para isso, é importante saber quanto vai entrar na conta, para garantir que o saldo não vai ficar negativo depois de pagar as principais despesas.

Outra dica valiosa é ter sempre uma reserva de emergência. Estar preparado para imprevistos como um pneu furado, um chuveiro queimado ou qualquer coisa fora dos planos, além de fazer toda a diferença, é fundamental na hora de ajudar você a não contrair mais dívidas e a não ficar com o nome sujo.

A maioria dos bancos oferecem recursos como consulta instantânea do saldo e do extrato, débito automático de despesas fixas e cartão pré-pago, recursos interessantes e valiosos que ajudam a frear gastos.

Para Márcio Barnabé, Chief Marketing Officer da UzziPay, a digitalização dos bancos é uma grande aliada da educação financeira. “A digitalização do sistema bancário fez as pessoas olharem com mais atenção para a educação financeira. Agora é mais fácil se controlar, com extratos e pagamentos na palma da mão”, afirma. A UzziPay é uma fintech com engajamento no desenvolvimento sustentável que possui a proposta de preservar uma árvore a cada novo cliente.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             

Pensando antes de gastar

Trocar de carro? Mudar para uma casa maior? Sair do aluguel? Viajar? Seja qual for a meta traçada e em quanto tempo se pretende chegar nela, o essencial é o planejamento. E, para isso, vale montar uma poupança, investir, guardar uma parte do salário todo mês e o mais importante: controlar aquele impulso de sair gastando.

Usar a razão na hora das compras pode não ser a tarefa mais fácil, mas é fundamental na hora de fazer uma economia. Agir com sabedoria em vez de motivado pela emoção pode evitar despesas e compras desnecessárias que podem comprometer um objetivo maior. Afinal, as compras por impulso são o maior inimigo da educação financeira e atrapalham a vida de muita gente. De acordo com o SPC, seis em cada dez consumidores realizam compras no impulso de roupas, calçados e acessórios, que são os líderes em compras não planejadas, com 19%. O supermercado vem logo na sequência, com 17%.

Planejar a longo prazo também é fundamental na hora de conter gastos supérfluos. Manter uma base de investimentos, um consórcio ou até mesmo o tradicional cofrinho são meios seguros de guardar um dinheiro e de ter a certeza de que uma parte da renda trará frutos positivos no futuro.

No mercado atual existe uma modalidade de poupança ou investimento mais adequada para cada perfil, basta selecionar a preferida, levando em conta também que as parcelas não devem pesar a ponto de prejudicar o orçamento e devem estar dentro da sua realidade financeira atual.

Uma informação interessante: de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) o cartão de crédito continua sendo o mais apontado pelos brasileiros como a principal modalidade de endividamento: 77,6%. Carnês (17,5%) e financiamento de veículos (10,2%) também permanecem na segunda e terceira posições, respectivamente.

Diante deste cenário, o melhor é apostar na educação financeira desde cedo para ensinar os mais jovens a terem uma maior consciência financeira no futuro. "Uma forma interessante de orientar os adolescentes sobre as finanças é por meio de um cartão pré-pago, uma opção em que os responsáveis podem carregar o cartão com uma determinada quantia e que o portador só pode gastar o saldo disponível", explica Barnabé.

Por meio do "cashback", um programa que devolve dinheiro a cada compra, o consumidor tem acesso a diversas lojas parceiras, podendo usar o saldo obtido com as compras anteriores para obter novos produtos.

 

O mesmo vale para as empresas

Ser empreendedor significa saber separar as finanças pessoais das finanças da empresa. Um passo fundamental para a prosperidade de qualquer negócio e um erro comum que deve ser evitado. Afinal, quando um empresário usa o caixa da empresa para contas pessoais ou vice-versa, isso pode acabar prejudicando a saúde financeira dos dois. "É importante separar a pessoa física da pessoa jurídica e entender que cada uma delas tem o seu orçamento, rendas e débitos próprios”, esclarece Barnabé.

Para ajudar nessa tarefa, a UzziPay lançou recentemente a Conta Digital PJ, com funcionalidades exclusivas para empresas. Entre essas vantagens, destacam-se: extratos personalizados (podem apontar em qual segmento a maioria dos gastos está concentrada), a folha de pagamentos com agendamento de salário (facilita a automatização de processos e evita esquecimentos e/ou perda de prazos) e o boleto de cobrança com memorização de dados, que otimiza tempo por já armazenar as principais informações do usuário.

 

A UzziPay sempre ao seu lado

UzziPay poderia oferecer o mesmo que as outras fintechs oferecem, mas preferiu ir além. Fora as mais modernas funcionalidades de uma conta digital, a UzziPay também acredita que é possível preservar a natureza para as futuras gerações. É um movimento inovador de preservação colaborativa para criar um futuro sustentável para o dinheiro e para o planeta. Nele, quanto mais clientes com contas UzziPay, mais árvores são preservadas. Mais do que oferecer cada vez mais vantagens e facilidades é oferecer uma maneira de agradecer à natureza por tudo o que ela nos proporciona. A UzziPay não quer crescer sozinha, ela quer que todos cresçam juntos, inclusive a Amazônia.

 

Acesse: www.uzzipay.com/

Facebook: www.facebook.com/contauzzipay/

Instagram: www.instagram.com/contauzzipay/

Veja também:

Área de preservação

Área de preservação | 23/10/2019

Educação financeira

Educação financeira | 01/03/2021

Educação financeira

Educação financeira | 06/08/2020

Educação financeira

Educação financeira | 06/08/2020

Educação financeira

Educação financeira | 11/03/2021

Queimadas

Queimadas | 18/08/2020